Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Receitas de cá e de lá

"Bem comido, a minha alma de nada quer saber. E nem os maiores desgostos a conseguem comover." Jean Molière

Receitas de cá e de lá

"Bem comido, a minha alma de nada quer saber. E nem os maiores desgostos a conseguem comover." Jean Molière

18
Mar13

Bacalhau com natas

o que procuro

 

Esta receita, faço-a na bimby, sobejamente conhecida e divulgada, vou deixar-vos a minha versão.

Não coloco natas, julgo que o molho béchamel já é suficientemente calórico!

 

Ingredientes:

  • 1 cebola grande;
  • 2 dentes de alhos;
  • 50 gr de azeite;
  • 400 gr de migas de bacalhau dessado (1 embalagem);
  • 200 gr de batatas frita palha (1 embalagem média);
  • Queijo ralado q.b.

Molho béchamel:

  • 600 gr de leite;
  • 60 gr de farinha;
  • 40 gr de manteiga;
  • noz moscada, sal e pimenta q.b.

Descasque a cebola e os alhos, coloque na bimby e pique 5 seg/vel 5, seguidamente adicione o azeite e refogue 5mn/Varoma/vel1.

 

Junte o bacalhau bem escorrido e programe 5 mn/Varoma/Linkslauf/ vel Sanftrührstufe.

Coloque num pirex a batata palha, espalhe por cima o refogado com o bacalhau e mexa tudo para envolver muito bem.

Sem lavar o copo, coloque todos os ingredientes para o béchamel e programe 8 mn/90ºC/vel 4.

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Deite o molho béchamel por cima do preparado anterior, mexa tudo de modo a que o molho envolva o bacalhau e as batatas, certifique-se que não fica nada sem molho béchamel, mexa e volte a mexer!

Por fim, alise a superfície do pirex, espalhe o queijo ralado por cima e leve ao forno para gratinar cerca de 20 minutos, até estar dourado.

24
Jan13

Lombinhos de peixe embrulhados em presunto

o que procuro

Fiz esta receita há já imenso tempo, tirei fotos para colocar aqui e agora, com o renascer o blog fui repescá-la e já vai fazer parte da próxima ementa semanal.

 

É de uma facilidade estonteante e muito saborosa, vale a pena experimentarem.

Podem ver a receita original aqui, deixo-vos a minha versão:

 

Ingredientes:

  • 400 gr de batatas novas;
  • 200 gr de feijão-verde fino;
  • duas mãos cheias de azeitonas pretas descaroçadas;
  • raspa e sumo de 1 limão;
  • 5 colheres de sopa de azeite;
  • sal e pimenta;
  • 6 lombinhos de peixe branco;
  • 6 fatias de presunto;
  • 1 raminho de estragão, escolher só as folhas.

Preparação:

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Coloque as batatas num tacho, cubra-as com água, leve ao lume e deixe ferver durante cerca de 10 a 12 minutos, nos últimos 2 a 3 minutos junte o feijão verde arranjado. 

 

Findo o tempo, escorra bem os legumes, corte as batatas ao meio, coloque-as num tabuleiro refractário espaçoso, junte o feijão-verde, as azeitonas, salpique com a raspa de limão, regue com o azeite. Tempere com sal e pimenta, envolva tudo muito bem.

 

Tempere o peixe e enrole uma fatia de bacon em cada um dos lombinhos, coloque por cima dos legumes.

Leve ao forno durante cerca de 10 a 15 minutos, ou até estar cozinhado, retire do forno.

Regue com o sumo do limão e salpique com as folhas de estragão antes de servir.

 

06
Nov12

Fish pie com puré de açafrão.

o que procuro

 

Um prato tipicamente inglês que o goolge traduz como torta de peixe, não a considero como tal, mas também não acho que seja empadão de peixe, apesar de semelhante no aspecto, a confecção é bastante diferente.

Esta receita tem uma particularidade nos sabores do puré.

Valeu muito a pena, apesar do trabalho que dá, pelos sabores, deliciosos.

 

A ideia original, está aqui, o meu modus operandi foi este:

 

Ingredientes:

  • 1 cebola;
  • 3 colheres de sopa de vinagre branco;
  • 150 ml de vinho branco;
  • 142 ml de natas para bater;
  • 1 embalagem de peixe para fish pie (podem subsituir por 250gr de pescada e 250gr de salmão);
  • 200 gr de camarão cozido e descascado;
  • 1 embalagem de espinafres pronta a usar.

Para a cobertura:

  • 2 dentes de alho;
  • 200 ml de leite;
  • 1 pitada de fios de açafrão;
  • 1 pitada de piri-piri;
  • 1 kg de batatas cortadas em cubos;
  • 4 colheres de sopa de azeite;
  • 1 limão (raspa da casca e sumo).

 

Preparação:


Pique a cebola para um tachinho, adicione o vinagre e leve ao lume, de modo a que o vinagre evapore rapidamente, junte o vinho e deixe cozinhar em lume brando até que tenha reduzido quase para metade. Junte as natas, deixe levantar fervura, baixe o lume e mexa continuamente até ter diminuir para 2/3 do volume e obter uma consistência cremosa e espessa. Apague o lume e deixe arrefecer.

Corte o peixe em pedaços médios, junte os camarões e reserve.

 

Lave os espinafres em água corrente, deixe escorrer um pouco e leve-os ao lume, num tacho, apenas com a água da lavagem, até que murchem. Retire-os do lume, coloque-os num escorredor, esprema-os até retirar o máximo de água que conseguir e reserve.

 

Para a cobertura: num almofariz esmague os alhos, os filamentos de açafrão e o piri-piri.

Coloque um tacho ao lume com o leite, adicione a mistura do almofariz e deixe levantar fervura, depois, apague o lume e deixe ficar em infusão.

Coza as batatas em água e sal, escorra-as e faça o puré com o leite em infusão, as quatro colheres de sopa de azeite e o sumo e raspa do limão.

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Numa tigela misture o peixe, camarão e o creme das natas, mexa para envolver muito bem, transfira para um tabuleiro refractário.

Por cima da mistura do peixe, espalhe os espinafres, formando uma camada, termine com o puré, que deverá cobrir todo tabuleiro.

Leve ao forno a cozinhar durante cerca de 30 minutos até que fique dourado por cima e a borbulhar em redor do tabuleiro.

 

 

 

18
Out12

Paté de atum no forno com batatas fritas

o que procuro

 

O título pode parecer-vos estranho, a tradução talvez não seja a melhor, mas tenho a dizer-vos que é um prato delicioso, para apreciadores de atum, ou de paté do mesmo!

 

A inspiração vem daqui, a minha versão de tudo isto:

 

Ingredientes:

  • 750 gr de batatas congeladas pré-fritas;
  • 3 latas de atum em água;
  • 4 colheres de sopa de maionese;
  • 2 colheres de sopa de iogurte natural;
  • 1 cebola pequena picada;
  • 1 ramo de salsa;
  • 100 gr de queijo ralado;
  • sal e pimenta.

Preparação:

 

Pré-aqueça o forno a 220ºC ou à temperatura indicada na embalagem das batatas fritas.

Coloque as batatas fritas no tabuleiro do forno e espalhe-as de modo a formarem uma única camada.

Leve-as  ao forno durante cerca de 10 minutos.

 

Entretanto prepare o paté, num recipiente junte a maionese, o iogurte, a cebola picada, grande parte da salsa e do queijo (reserve algum para pôr por cima no final) e o atum previamente escorrido, tempere a gosto. Envolva tudo muito bem, até se apresentar numa pasta.

 

Retire as batatas do forno, coloque-as num pirex e espalhe por cima a mistura do atum, salpique com o restante queijo ralado e leve novamente ao forno, durante 12 minutos, até borbulhar e ficar gratinado.

Retire do forno, salpique com a restante salsa e delicie-se!

 

08
Jun12

Esparguete com sardinhas

o que procuro

 

Antes de mais devo confessar que esta não foi uma das minhas receitas predilectas, como em tudo nem sempre se come só o que se gosta, nem a pesquisa laboriosa por coisas novas para confeccionar resulta da melhor forma.

 

Atribuo à fraca qualidade das sardinhas enlatadas, apesar da embalagem referir que eram sardinhas portuguesas, não têm nada a ver com o que compramos por aí, ou com aquelas que comia na minha infância nos jantares em casa dos meus pais, depois de um dia de sol abrasador.

 

De qualquer forma, fica o registo, a receita original é esta, a minha versão:

 

Ingredientes:

  • 300 gr de esparguete
  • 2 dentes de alhos picados
  • 1 lata de tomate em pedaços
  • 2 latas de sardinhas em molho de tomate de boa qualidade
  • 100 gr de azeitonas pretas descaroçadas
  • 1 colher de sopa de alcaparras
  • 1 mão cheia de salsa picada
  • azeite
  • sal
Preparação:
Comece por cozer o esparguete em água fervente, temperada com sal e um fio de azeite.
Estando este quase cozido, prepare o molho, leve ao lume um tacho com o azeite, deixe aquecer, junte o alho picado deixe frigir um pouco e adicione o tomate e as sardinhas. Parta as sardinhas grosseiramente com uma colher de pau.
Deixe fervilhar durante um ou dois minutos, junte depois as alcaparras, as azeitonas e parte da salsa, envolva tudo cuidadosamente.
Escorra a massa, reservando umas colheres de sopa de água da cozedura que poderá juntar ao molho, caso este se apresente demasiado espesso.
Divida o esparguete pelos pratos e adicione o molho por cima, salpique com a salsa restante e sirva de imediato.
23
Mai12

Almôndegas de atum

o que procuro

 

Ora aqui está o que para mim foi uma novidade, dado que nunca tinha comido atum fresco e estas almôndegas são confeccionadas com o dito. Apesar da receita, uma sugestão do Jamie Oliver, mencionar atum fresco, acabei por comprar bifes de atum congelados, porque compensou monetáriamente.

 

A diversidade de ingredientes na sua confecção, traduz-se depois numa conjugação fabulosa de sabores, aconselho vivamente a experimentarem, vale muito a pena.

 

A receita original daqui, a minha versão, foi esta:

 

Ingredientes

 

Molho de tomate:

  • 1 cebola pequena
  • 4 dentes de alhos 
  • 1 colher de chá de orégãos 
  • 2 latas de tomate em pedaços
  • 1 raminho de salsa
  • vinho branco q.b.
  • sal, pimenta
  • azeite
Almôndegas:
  • 400 gr de atum fresco congelado
  • 55 gr de amendoins torrados
  • 1 colher de chá rasa de canela
  • 1 colher de chá de orégãos 
  • 100 gr de pão ralado
  • 1 ramo de salsa picada
  • 55 gr de queijo ralado
  • 2 ovos
  • 1/2 limão (sumo e raspa)
Preparação:
Deixe o peixe previamente a descongelar.
Comece pelo molho de tomate: coloque uma panela ao lume, com azeite, deixe aquecer, junte-lhe a cebola e os alhos picados e deixe alourar até se apresentarem moles, junte então o tomate, os orégãos, tempere com sal e pimenta e deixe levantar fervura. Junte um pouco de vinho branco e deixe cozinhar em lume brando durante cerca de 15 minutos. Depois triture tudo com a varinha mágica.
Entretanto prepare as almôndegas: corte os bifes de atum em quadrados com 2,5cm por 1cm de lado.
Triture grosseiramente os amendoins.
Leve uma frigideira ao lume com azeite e deixe aquecer, deite o atum já partido, os amendoins triturados e a canela, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar durante alguns minutos ou até que o atum se apresente cozinhado e os amendoins ligeiramente fritos.
Coloque esta mistura numa taça e deixe arrefecer por uns instantes, depois junte-lhe os orégãos, a salsa picada, o pão ralado, o queijo ralado, os ovos, a raspa e o sumo de meio limão. Utilizando as mãos, desfaça e misture todos estes ingredientes, até ficar com uma massa homogénea. Molde as almôndegas, do tamanho de pequenas bolas de golfe, coloque-as num tabuleiro. Se fizer este procedimento com as mãos molhadas, verá que a tarefa será facilitada!
Se porventura tiver dificuldade em moldar a massa, junte-lhe mais pão ralado.
Depois de moldar todas as almôndegas, coloque-as no frigorífico durante uma hora.
Decorrido este tempo, coloque uma frigideira ao lume com um pouco de óleo, de preferência de girassol ou amendoim, aqueça bem e frite as almôndegas, até que se apresentem douradas/acastanhadas.
Coloque-as no molho quente, sirva salpicado de salsa, acompanhado de esparguete.
13
Abr12

Crepes de atum

o que procuro

Há sabores, cheiros que me ficaram da minha infância em Paris, este prato é sem dúvida um deles e mais ainda a versão recheada com carne.

Cada vez que confecciono pratos que me trazem memórias, lembro-me da minha "terceira avó", uma senhora já com alguma idade que me acalentou como neta. Mémé Giselle, onde quer que estejas, foram feito com muito carinho a pensar em ti.

 

A receita original, podem encontrá-la aqui.

 

Deixo-vos a minha versão que tem algumas diferenças, nomeadamente porque usei molho de tomate caseiro, que tenho em frascos e que é de uma tremenda utilidade em pratos como este, na versão original podem encontrar a receita para o molho de tomate.

 

 

Ingredientes:

 

Recheio:

  •  2 latas de atum
  • 1 cenoura ralada
  • 1/2 cebola picada
  • 1 dente de alho
  • 1/2 lata de tomate em pedaços
  • salsa
  • tomilho
  • 75 gr de créme fraiche (na receita original diz queijo fresco)
  • 1/2 caldo de peixe
  • azeite
Crepes:
  • 250 gr de farinha
  • 500 ml de leite
  • 2 ovos
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 pitada de sal
Preparação:

Recheio:

Aqueça o azeite num tacho e refogue a cebola e o alho, junte o caldo de peixe e misture até dissolver.

Junte o tomate e misture até estar tudo envolvido.

Apague o lume e envolva delicadamente o atum, o queijo fresco, a salsa e o tomilho, rectifique os temperos.

Reserve.

 

Entretanto faça os crepes: misture todos os ingredientes num processador de comida, até se apresentarem numa massa homógenea.

Aqueça uma frigideira anti-aderente, assim que se apresentar quente, deite nela uma concha da massa dos crepres, no centro da frigideira e incline-a até que a massa tenha coberto o fundo da frigideira, deixe cozinha até desprender, vire e cozinhe por mais uns minutos do outro lado.

 

Aqui costumo fazer uma linha de montagem, faço um crepe, coloco-o em cima da tábua de cozinha, recheio-o e ponho num tabuleiro refractário, e assim sucessivamente.

 

No fim de terminado, coloca-se o molho de tomate por cima, queijo ralado a gosto e vai ao forno a gratinar.

 

Apesar do trabalho, julgo que vale bem a pena, pelo sabor e pela diferença no tipo de prato.

19
Mar12

Filetes de peixe com crosta crocante

o que procuro

Mais uma receita alternativa para os filetes de peixe branco.

 

A receita original podem encontrá-la aqui, deixo-vos com a minha versão:

 

Ingredientes:

  • 50 gr. de pão ralado;
  • 25 gr. de queijo ralado (usei cheddar);
  • 2 colheres de sopa de salsa picada;
  • 4 filetes de peixe branco;
  • 50 gr. de manteiga;
  • raspa e sumo de um limão;
  • sal e pimenta;
  • óleo.
Preparação:
Comecei por temperar os filetes e deixá-los descongelar, entretanto numa tigela misturei o pão ralado, o queijo, a raspa do limão, a salsa, sal e pimenta.
Pus uma frigideira a aquecer, com um pouco de óleo, fritei os filetes até estarem tenros, apaguei o lume e dividi a mistura do pão ralado por cima de cada um.
Liguei o grill do forno e coloquei a frigideira, durante 2 ou 3 minutos, até a crosta se apresentar tostada, retirei do forno e coloquei os filetes num prato de servir, deitei a manteiga e o sumo do limão na frigideira, mexi bem, este molho acompanhou os filetes que servi com arroz de tomate.
04
Mar12

Uns simples filetes

o que procuro

Na pequena cidade onde moro não é fácil encontrar peixe fresco, só no supermercado, acabo por recorrer mais ao peixe congelado, peixe branco, o haddock que o google traduz como arinca.

 

Um peixe que desconhecia, mas que devido à versatilidade que apresenta tem-se tornado presença assídua à nossa mesa.

 

Desta feita, descobri uma receita do Jamie Oliver para dar cor e sabor a uns simples filetes.

 

Gostei muito do resultado, a versão original podem encontrá-la aqui, eis a minha versão:

 

Ingredientes:

  •  3 dentes de algo
  • um molho pequeno de manjericão
  • azeite
  • 1 malagueta (red chili)
  • 2 latas de tomate pelado (usei em pedaços)
  • sal e pimenta 
  • vinagre de vinho tinto (usei branco)
  • 1 embalagem de filetes de peixe branco (usei congelado)
  • 1 punhado de azeitonas com caroço (usei verdes e desencaroçadas)
  • 1 colher de sopa de alcaparras (não usei)
Preparação:

Deixe o peixe descongelar à temperatura ambiente.

 

Corte os alhos em rodelas finas, retire as folhas do majericão que deverá reservar, corte finamente as hastes.

Coloque uma frigideira com azeite ao lume médio, junte o alho e as hastes do manjericão. Pique a malagueta com a ponta da faca, para que não estoure e acrescente à frigideira. Deixe fritar devagar, até que o alho se apresente cozinhado, mas sem deixar queimar, mexa ocasionalmente.

 

Acrescente as duas latas de tomate, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar em lume brando durante cerca de 30 minutos. Retire a malagueta, desfaça o tomate com uma colher de pau, reveja os temperos e acrescente um trago de vinagre, para acentuar o sabor.

 

Aqueça o forno a 220ºC, coloque o molho de tomate num tabuleiro refractário, tempere os filetes de ambos os lados com sal e pimenta e coloque em cima do molho de tomate. Esmague as azeitonas para lhes retirar o caroço, e salpique o peixe com elas. Espalhe as folhas de manjericão por cima do peixe.

 

Leve ao forno durante cerca de 15 minutos, ou até que o peixe se apresente cozinhado. Sirva com batatas cozidas e uma salada.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Outras receitas portuguesas pelo mundo

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D