Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Receitas de cá e de lá

"Bem comido, a minha alma de nada quer saber. E nem os maiores desgostos a conseguem comover." Jean Molière

Receitas de cá e de lá

"Bem comido, a minha alma de nada quer saber. E nem os maiores desgostos a conseguem comover." Jean Molière

30
Jan13

Carne assada (Sunday Roast)

o que procuro

 

Este é um prato tradicional inglês, o assado de domingo ou sunday roast, varia no tipo de carne utilizada e nos acompanhamentos, este Domingo foi o nosso almoço.

Se quiserem ver um vídeo exemplificativo em relação à confecção da carne, deixo-vos este.

Não se assustem com a lista dos ingredientes, acaba por se fazer tudo ao mesmo tempo e não é tão complicado quanto possa parecer à primeira vista!

 

Ingredientes:

 

Para a carne:

  • 1 kg de carne de vaca para assar;
  • 3 colheres de sopa de mostarda em grão;
  • 1/2 de um ramo de alecrim;
  • duas colheres de azeite;
  • sal e pimenta.

Para o molho:

  • os flúidos da carne que ficarão no tabuleiro;
  • 1 colher de sopa de farinha;
  • 5 ml de vinho tinto;
  • 1 caldo de carne ou bife;
  • 100 ml de água quente.

Para as batatas:

  • 1 kg de batatas novas;
  • 1 colher de sopa de colorau;
  • 1/2 de uma ramo de alecrim;
  • azeite;
  • sal e pimenta.

Para as couves de bruxelas:

  • 500 gr de couves de bruxelas;
  • 75 gr de bacon em pedaços;
  • 50 gr de avelãs picadas grosseiramente;
  • sal e pimenta.

Para as cenouras:

  • 500 gr de cenouras baby ou 5 cenouras grandes;
  • uma colher de sopa de mel;
  • 1 ramos de alecrim;
  • azeite.

 

Preparação:

 

Comece por retirar a carne do frigorífico, limpe-a de qualquer gordura, deixe-a repousar à temperatura ambiente durante cerca de duas horas.

Seguidamente ligue o forno a 245ºC.

Num a tigela misture a mostarda em grão, o azeite, as folhas de alecrim picadas, sal e pimenta e misture bem.

Barre toda a carne com este preparado, coloque-a na rede de um tabuleiro refractário e leve ao forno, durante cerca de 45 mn, vigie para não ficar demasiado assada.

 

Num pirex coloque as batatas, salpique com o colorau, as folhas de alecrim picadas, sal e pimenta e regue com um fio de azeite, mexa bem para que todas as batatas fiquem envolvidas no tempero, leve ao forno, ao mesmo tempo que a carne.

 

Leve dois tachos ao lume com água a ferver, temperada com sal.

Num deles coloque as couves de bruxelas, depois de levantar fervura deixe cozer durante cerca de 5 mn.

Escorra e reserve.

No outro tacho coloque as cenouras, se forem grande descasque-as e corte-as em quatro longitudinalmente e depois em três no comprimento.

Deixe a água levantar fervura e cozer as cenouras durante 5 a 10 minutos, até estarem tenras. Depois de cozida escorra a água e reserve.

 

Entretanto leve uma frigideira anti-aderente ao lume, depois de quente, coloque os pedaços de bacon, deixe frigir, adicione as couves de bruxelas, mexa com cuidado, deixe fritar durante cerca de 5 minutos e no último momento adicione as avelãs, rectifique os temperos e reserve num local quente.

 

Na mesma frigideira, coloque um pouco de azeite, quanto estiver quente adicione as cenouras, deixe alourar um pouco, junte a colher de mel, o alecrim picado e rectifique os temperos, deixe cozinhar em lume brando até se apresentarem glazeadas e com um molho espesso.

 

Retire a carne do forno, deixe descansar durante cerca de 15 minutos.

Coloque os fluídos que se juntaram no fundo do tabuleiro num tacho pequeno, leve ao lume, quando estiver e fervilhar polvilhe com uma colher de farinha, mexa bem para envolver, adicione o vinho e deixe fervilhar até evaporar o álcool. Junte o caldo de carne e a água quente, deixe ferver em lume muito brando, até se apresentar consistente. Rectifique os temperos.

 

Fatie a carne, regue com o molho e sirva com as batatas, as couves de bruxelas e as cenouras.

Acompanhe com um bom vinho tinto!

29
Jan13

Caril de Legumes

o que procuro

 

Desde que chegámos a Inglaterra as nossas refeições têm-se pautado por muita novidade e o caril foi um deles, de início em frasco, com o molho já pronto e agora em pequenos passos e depois de adquiridas aos poucos as inúmeras especiarias, feito de raiz.

 

As refeições vegetarianas durante a semana também passaram a fazer parte da ementa, desta feita este caril de legumes da autoria do chef inglês mais conhecido mundialmente.

 

A minha versão:

 

Ingredientes:

 

Para o caril:

  • Meia couve-flor;
  • 2 colheres de sopa de óleo;
  • 1 colher de chá rasa de sementes de mostarda;
  • 1 colher de chá rasa de sementes de feno grego;
  • 1 colher de chá rasa de açafrão;
  • 1 pequena mão cheia de folhas de caril secas;
  • 1 pedaço de gengibre fresco, do tamanho do polegar (usei 1 colher de chá de gengibre em pó);
  • 2 dentes de alho;
  • 1 cebola;
  • 1 chili;
  • 1 molho de coentros frescos;
  • 2 tomates maduros;
  • 1 lata de leite de coco light;
  • 1 lata de grão cozido;
  • 1 lata pequena de ananás em calda;
  • 1 limão.

Para o arroz:

  • 300 gr de arroz basmati;
  • 10 cravinhos da índia;
  • 1/2 limão.

Preparação:

 

Coloque uma frigideira anti-aderente ao lume.

Retire as folhas da couve-flor, divida as floretes e corte-as com cerca de 1 cm de espessura.

Coloque a couve-flor na frigideira até que fique ligeiramente grelhada e vire, proceda até terminar a couver-flor. Reserve.

 

Coloque o arroz e o dobro da quantidade de arroz, de água a ferver num tacho, adicione as cabeças de cravinho, metade do limão, sal e tape para cozer.

 

Num tacho, coloque o óleo, assim que estiver quente adicione as sementes de mostrada, as sementes de feno grego o açafrão e as folhas de caril. Mexa até fazer uma espécie de massa consistente, mantenha no lume mínimo.

 

Num processador de comida junte o gengibre, os dentes de alho, a cebola, o chili, previamente aberto e retiradas as sementes, os talos dos coentros frescos, processe até ficar tudo bem picado, junte à mistura de caril que tem no tacho.

 

Corte os dois tomates em pedaços e junte, adicione também o grão-de-bico, previamente escorrido, por fim junte o ananás cortado em pedaços, mexa para envolver, junte a couve flor, tape o tacho, aumente o lume e deixe ferver. Deixe cozinhar durante alguns minutos para apurar o molho.

 

Depois de apagar o lume, salpique com as folhas de coentros frescas, sirva com o arroz basmati e acompanhado de pão poppadoms.

 

28
Jan13

Brioche na Bimby

o que procuro

 

Depois de fazermos o panetone, que tinha massa de brioche, assolou-me a consciência que fazer brioche não deveria ser muito mais difícil e teria com certeza outro sabor do que aquela que comprávamos para comer ao pequeno-almoço dos fins-de-semana.

 

Procurei uma receita do Paul Hollywood, um afamado padeiro por estas bandas com livros editados e apresentador de concursos culinários, encontrada a receita, foi adaptá-la à bimby e pôr mãos à obra. Se possuírem uma máquina de amassar bolos e massas, podem fazê-lo, já numa tradicional batedeira, não sei se resultará devido à quantidade e densidade da massa.

 

Ingredientes:

  • 500 gr de farinha para bolos com fermento;
  • 7 gr de sal;
  • 50 gr de açúcar;
  • 10 gr de fermento em saquetas;
  • 140 ml de leite morno;
  • 5 ovos;
  • 250 gr de manteiga sem sal (utilizem mesmo manteiga!)

Preparação:

 

De um lado do copo da bimby coloquem a farinha, o sal, o açúcar, do outro lado o fermento.

Acrescente o leite morno e os ovos, programe 2 minutos, velocidade 2, terminado este tempo programe mais 8 minutos na velocidade espiga, para obter uma massa macia, brilhante e elástica.

 

Adicione a manteiga, cortada em cubos e programe 5 mn, velocidade espiga, tenha em atenção que terá de ir baixando o pedaços de manteiga à volta do copo, de modo a que fiquem completamente envolvidos na massa.

Depois disso, coloque a massa numa taça previamente untada com manteiga, tape com película aderente e leve ao frigorífico no mínimo durante 7 horas, o ideal é deixar no frigorífico durante toda a noite.

 

No dia seguinte, unte uma forma redonda com 25 cm de diâmetro e reserve.

Retire a massa do frio, enfarinhe uma superfície plana e amasse a massa para lhe retirar o ar, dobrando-a sobre si mesma algumas vezes (pode ver um vídeo exemplificativo aqui).

 

Divida a massa em 9 partes iguais, molde cada uma das partes numa bola, movendo as suas mãos sobre ela, formando uma espécie de gaiola e puxando a massa para baixo, rodando-a sobre si, rapidamente.

Coloque 8 bolas de massa à volta da forma e uma bola no meio, tape a forma com um saco de plástico limpo e deixe levedar durante 2 a 3 horas, até a massa começar a aparecer à superfície da forma.

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

 

Quando a brioche tiver levedado, leve ao forno durante cerca de 25 a 30 minutos, faça o teste do palito para verificar que está cozida.

Tenha em atenção que a quantidade de açúcar presente na receita tende a queimar rapidamente e a formar uma crosta castanha e queimada por fora, sem que a massa por dentro esteja realmente cozinhada.

 

Findo o tempo e depois de verificar que está cozida, retire-a do forno, desenforme assim que seja possível e deixe arrefecer.

 

Eu cortei-a ao meio, comemos uma metade nos dias seguintes, a outra metade congelei. 

Depois de descongelada, estava óptima, parecia acabada de fazer!

24
Jan13

Lombinhos de peixe embrulhados em presunto

o que procuro

Fiz esta receita há já imenso tempo, tirei fotos para colocar aqui e agora, com o renascer o blog fui repescá-la e já vai fazer parte da próxima ementa semanal.

 

É de uma facilidade estonteante e muito saborosa, vale a pena experimentarem.

Podem ver a receita original aqui, deixo-vos a minha versão:

 

Ingredientes:

  • 400 gr de batatas novas;
  • 200 gr de feijão-verde fino;
  • duas mãos cheias de azeitonas pretas descaroçadas;
  • raspa e sumo de 1 limão;
  • 5 colheres de sopa de azeite;
  • sal e pimenta;
  • 6 lombinhos de peixe branco;
  • 6 fatias de presunto;
  • 1 raminho de estragão, escolher só as folhas.

Preparação:

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Coloque as batatas num tacho, cubra-as com água, leve ao lume e deixe ferver durante cerca de 10 a 12 minutos, nos últimos 2 a 3 minutos junte o feijão verde arranjado. 

 

Findo o tempo, escorra bem os legumes, corte as batatas ao meio, coloque-as num tabuleiro refractário espaçoso, junte o feijão-verde, as azeitonas, salpique com a raspa de limão, regue com o azeite. Tempere com sal e pimenta, envolva tudo muito bem.

 

Tempere o peixe e enrole uma fatia de bacon em cada um dos lombinhos, coloque por cima dos legumes.

Leve ao forno durante cerca de 10 a 15 minutos, ou até estar cozinhado, retire do forno.

Regue com o sumo do limão e salpique com as folhas de estragão antes de servir.

 

23
Jan13

De regresso com Panetone!

o que procuro

Já se passou uma mudança de casa, as festas e de regresso à rotina, julgo que vai sendo tempo de regressar a este espaço, apesar de laborioso, porque traduzir, transcrever e editar receitas não é fácil, mas depois penso que fica registado, até para minha consulta e tenho feito algumas coisas que se não ficam por aqui, acabo por nunca mais voltar a fazer, por isso, cá estou novamente.

 

A ideia inicial era confeccionar o nosso tradicional bolo-rei no Natal, mas a dificuldade em encontrar os ingredientes certos por cá e o ter visto este programa especial de Natal, em que confeccionaram este panetone, fez-nos mudar de opinião.

 

Digo fez-nos porque o marido, é companheiro nestas andanças culinárias e a bem dizer, ficou a cargo dele a confecção deste panetone, porque exige tempo e paciência, dois atributos, que sou sincera, não possuo em abundância.

 

Vamos ao que interessa:

 

 

Ingredientes:

  •  500 gr de farinha branca especial para bolos ou pão
  • 7 gr de sal
  • 50 gr de açucar granulado
  • 2 saquetas de 7 gr de fermento (há da vahiné)
  • 140 ml de leite morno
  • 5 ovos à temperatura ambiente
  • 250 gr de manteiga à temperatura ambiente
  • 120 gr de cerejas em conserva
  • 120 gr de sultanas
  • 120 gr de passas ( ou corintios)
  • 100 gr de amêndoas sem pele

Preparação:

 

Coloque na taça da batedeira a farinha, o sal, o fermento o leite morno e os ovos, utilize o utensílio da batedeira para massas.

Misture devagar durante 2 minutos, depois aumente para uma velocidade média e amasse durante 6 a 8 minutos até obter uma massa macia.

 

Acrescente a manteiga cortada em pedaços, misture durante cerca de 5 a 8 minutos. Vá baixando os resíduos que se formam à volta da taça, de modo a que a manteiga fique completamente envolvida, irá obter uma massa muito macia.

 

Junte agora as cerejas, as passas e sultanas e as amêndoas, mexa até estar tudo bem incorporado na massa.

Transfira a massa para uma taça, cubra com película aderente e deixe repousar no frigorífico durante toda a noite, até a massa obter uma consistência que seja moldável.

 

Utilize uma forma alta, a nossa era quadrada com 23 cm, pincele-a generosamente com manteiga derretida, reserve.

 

Retire a massa do frigorífico e amasse-a de forma a retirar o ar (deixo aqui um vídeo a exemplificar), forme uma bola e coloque-a na forma.

 

Deixe a massa levedar, à temperatura ambiente, durante 2 a 3 horas, até que comece a sair para fora da forma.

 

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

 

Pincele o topo do panetone com ovo batido e leve ao forno a cozer durante cerca de 25 minutos, depois reduza a temperatura para 150ºC e deixe cozinhar durante cerca de 35 minutos.

 

Tenha em atenção que estes tempos variam mediante a forma que utilizar, no nosso caso foi quase 1h, verifique com frequência a cozedura (teste do palito) e lembre-se que o açucar da massa tende a queimar e conferir um aspecto castanho à crosta de fora, sem que esteja ainda devidamente cozido por dentro.

 

Depois de cozido, remova-o do forno e deixe arrefecer completamente antes de saborear.

 

Laborioso, mas delicioso!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Outras receitas portuguesas pelo mundo

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D