Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Receitas de cá e de lá

"Bem comido, a minha alma de nada quer saber. E nem os maiores desgostos a conseguem comover." Jean Molière

Receitas de cá e de lá

"Bem comido, a minha alma de nada quer saber. E nem os maiores desgostos a conseguem comover." Jean Molière

02
Set12

Pavlova

o que procuro

 

Este era uma daqueles doces que já tinha visto ser confeccionado na TV e em blogues, mas nunca me atraiu muito a atenção, não aprecio suspiro, ou merengue, acrescido com natas batidas, não fazia mesmo o meu doce favorito.

 

Mas a amiga M. foi a um casamento, onde comeu como sobremesa uma pavlova de frutos, que teve honras de fotografia, tal era o sabor e partilhou comigo não só a experiência gustativa, como a tentativa de a confeccionar.

 

Fiquei tentada a experimentar, pesquisei na net e deparei-me com uma pavlova com um merengue de chocolate e como tinha 6 claras no frigorífico depois de fazer esta tarte, achei que era tempo de pôr mãos à obra.

 

Devo confessar que adorámos a mistura dos sabores, a textura, não fica nada enjoativo. Contudo, houve aqui algumas falhas, nomeadamente na confecção do merengue, que requer alguns cuidados e denoto que para primeira experiência não está mal! Agora resta repetir, para chegar à perfeição.

 

Ingredientes:

Para o merengue:

  • 6 claras de ovo;
  • 200 gr de açucar;
  • 3 colheres de sopa de chocolate peneirado;
  • 1 colher de chá de vinagre balsâmico (ou vinagre de vinho tinto);
  • 50 gr de chocolate em tablete cortado em pedaços (usei pepitas)

Para a parte de cima:

  • 500 ml de natas para bater (usei frescas);
  • 250 gr de morangos;
  • 250 gr de amoras.


Preparação:

Comece por aquecer o forno a 180ºC.

Coloque uma folha de papel vegetal num tabuleiro de ir ao forno.

 

Bata as claras em castelo até formarem picos acetinados, em seguida, adicione o açúcar, uma colher de cada vez e continue a bater até o merengue ficar firme e brilhante. (Tenha cuidado ao efectuar esta tarefa, no meu caso julgo que adicionei o açucar cedo demais, pelo que o merengue não ficou tão firme como deveria!)

Polvilhe com o cacau, junte o vinagre e o chocolate picado, envolva tudo delicadamente, até que o chocolate esteja completamente misturado.

 

Amontoe o merengue na folha de papel vegetal, de modo a formar um círculo com cerca de 23 cm de diâmetro (eu fiz um desenho com um prato na folha de papel vegetal!), alisando os lados e o topo.

 

Coloque o tabuleiro no forno, baixe a temperatura para 150ºC e deice cozer durante 1h / 1h15.

Quando estive pronto deve apresentar-se estaladiço nas pontas e dos lados e seco no meio, mas quando colocar o dedo no meio, deverá sentir que está fofo e húmido.

Desligue o forno, abra um pouco a porta e deixe o disco de merengue arrefecer completamente.

 

Quando estiver pronto para servir, inverta o merengue para um prato de servir plano.

Bata as natas, até obter um chatilly firme e macio. Espalhe por cima do merengue.

Coloque por cima os morangos, previamente lavados e partidos, bem como as amoras.

Sirva fresco.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Outras receitas portuguesas pelo mundo

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D